quarta-feira, 17 de maio de 2017

JANDUÍS: VEREADOR JOZENILDO SOLICITA RECUPERAÇÃO DE ESTRADAS VICINAIS

Usando o expediente da tribuna livre na sessão ordinária de ontem, 15/05, o vereador Jozenildo Morais cobrou ao poder executivo a recuperação das estradas vicinais para melhorar o tráfego nas comunidades rurais.


Acredita-se que o período de chuvas está acabando por este ano na nossa região oeste. Somente a vontade divina pode inverter a lógica e melhorar as condições climáticas, contudo dificilmente teremos grandes chuvas em 2017. Por isso, a necessidade de recuperar as estradas.

"Representando os pequenos produtores rurais e agricultores que diariamente frequentam a nossa zona rural, requeiro ao Poder Executivo que proceda a recuperação de nossas estradas vicinais. As máquinas agrícolas devem ser utilizadas para esse fim", pontuou Jozenildo.

Na mesma reunião o parlamentar janduiense reforçou a luta pela vinda do processo de revisão biométrica ao nosso Município, evitando que as pessoas carentes tenham de alugar um veículo automotor (carro ou moto) e se desloquem a Patu, sede da 37ª zona eleitoral, distante 38 km de Janduís.

Dando prosseguimento, o vereador defendeu que o DNIT reveja a afixação de placas em frente ao açude livramento determinando os limites entre Janduís e Campo Grande, cuja delimitação deve ocorrer nas proximidades da vila Cabral e sítio Maracanaú. O local onde foram colocadas as placas "reduz" em média 1 km de nossa área territorial. 

Por fim, Jozenildo questionou a notificação do DNIT aos senhores Ariosvaldo Souza e Romero Alves, que instalaram uma oficina às margens da BR, espaço que comporta outros prédios comerciais e órgãos públicos, mas não foram notificados. A lei é para todos e a justiça tem que ter apenas um peso e uma medida.

"São dois pais de família que dependem hoje exclusivamente desse 'ganha pão' e não podem ficar desempregados. A defesa administrativa está sendo providenciada e espero contar com o bom senso do órgão no sentido de aceitar essa justificativa", discursou Jozenildo.

A Voz de Janduís

0 comentários:

Postar um comentário