sexta-feira, 24 de março de 2017

CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE REALIZA AUDIÊCIA PÚBLICA SOBRE A REFORMA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL



Na manhã desta dia sexta-feira (24), pós a reunião ordinária do poder legislativo municipal, foi realizada no Auditório Câmara Municipal “Erbert Ramalho”, uma audiência pública sobre a Reforma da Previdência Social, PEC 287. A audiência foi proposta pela vereadora Lilia Holanda (PT).

A audiência contou com a participação da Vereadora da cidade de Mossoró, Isolda Dantas (PT), de Glisiany Pluvia, representante da Marcha Mundial das Mulheres (MMM), Hildebrando Rocha, representando o SINTRAF e do Assessor parlamentar da Senadora Fátima Bezerra, Caramurú Paiva.

Com a galeria lotada, foram debatidos tanto pelos convidados para compor a mesa de debate, assim como por todos os vereadores do município, que foram unanimes nos discursos, contra a reforma da previdência social e os seus malefícios, nos moldes que está sendo proposta pelo Presidente Michel Temer (PMDB). Debateram também, Professores das escolas municipais e estaduais de Campo Grande, assim como líderes de associações comunitárias do município.

A proposta por imposta por Temer, retira mais direitos dos trabalhadores, aponta retrocessos aos direitos historicamente conquistados pelos trabalhadores brasileiro, o impacto é ainda maior para as mulheres, especialmente as mulheres rurais, ao igualar a mesma idade de aposentadoria para homens e mulheres, como também a juventude e os servidores da educação.


Após a audiência, todos os vereadores da Câmara Municipal, assinaram uma MOÇÃO DE REPÚDIO a PEC 287, a moção também foi levada até o Prefeito Manoel Veras e o Vice Alzay Pimenta. A mesma tem por finalidade ser levada até os seus deputados federais e estaduais, como forma de pedido a darem não a essa PEC que retira o direito de aposentadoria dos brasileiros.

Moção de repúdio assinada pelos vereadores, prefeito e vice prefeito de Campo Grande















0 comentários:

Postar um comentário