sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

ALISTAMENTO MILITAR OBRIGATÓRIO AGORA PODE SER FEITO PELA INTERNET




O alistamento militar, obrigatório para jovens do sexo masculino que completam 18 anos, agora pode ser feito pela internet. Além das 5,3 mil Juntas Militares espalhadas pelo país, que realizam o serviço de forma presencial, 20 estados já aderiram ao Sistema Eletrônico de Recrutamento Militar, incluindo Pernambuco. O recrutamento acontece até 30 de junho.

Ontem, o ministro da Defesa, Raul Jungmann, visitou a Junta Militar de Olinda e destacou os benefícios do sistema online. “Antes o jovem tinha que comparecer cinco vezes e enfrentar filas, mas agora tudo pode ser feito em casa, em apenas uma etapa. É uma facilidade, pois ele recebe também pela internet o seu certificado de alistamento, fundamental para ingressar em universidades, solicitar passaporte ou fazer concurso. Caso seja selecionado, deverá comparecer às outras etapas para prestar o serviço militar obrigatório e constitucional”, comenta o ministro.

Para se alistar, é necessário entrar no site www.alistamento.eb.mil.br, informar a data de nascimento e o número do CPF. Após a validação dos dados, é preciso preencher uma nova página com nome do pai, série que cursa, além de perguntas sobre a saúde que correspondem aos critérios militares para servir. O investimento para a realização do alistamento militar deste ano foi de R$ 7,6 milhões.

O estudante Eduardo Nascimento, 17 anos, tentou realizar o alistamento através do site, mas diante do congestionamento do sistema, o endereço entrou em manutenção e ele se dirigiu até a Junta Militar de Olinda. “Fiz três tentativas em dias diferentes, mas continuava dando erro. Vim até a Junta, onde fui orientado e consegui me alistar. Agora é aguardar para saber se vou ser chamado”, explica o estudante.

Segundo a secretária da Junta, Lilian Barbosa, o funcionamento será normalizado em breve. “A página passou por ajustes, o que é normal diante de uma situação nova, mas a cada necessidade o cidadão pode se encaminhar à Junta mais próxima para receber o auxílio para realizar o alistamento.”

Ela frisa que desde 2 de janeiro a unidade notou redução de 70% nos atendimentos presenciais. A Junta chegava a atender 600 jovens por dia para mandar para seleção ou dispensa.

Somente na 7° Região Militar, que inclui os estados do Rio Grande do Norte, Alagoas, Paraíba e Pernambuco, cerca de 170 mil rapazes se alistam por ano, sendo 55 mil apenas de Pernambuco.

0 comentários:

Postar um comentário